Desenvolvimento pessoal, Marketing

Comunidades há muitas… Mas como o PAD não há nenhuma.

Comunidades há muitas… Mas como o PAD não há nenhuma.

Imagina estares num sítio rodeado de pessoas que está dedicado em ouvir-te. A perceber aquilo que procuras e partilhar dicas que te permitem chegar aos teus objetivos mais depressa. Que está ao teu lado e pronto para arregaçar as mangas contigo.

Eu tenho esse privilégio. O privilégio de fazer parte do Programa de Aceleração Digital, mais conhecido por PAD. Uma comunidade liderada pelo grande Roberto Cortez, à qual me juntei no ano passado.

Depois de ter feito o meu primeiro direto no Instagram com o Roberto Cortez em agosto de 2021, decidi arriscar e juntar-me ao PAD. Além de querer adquirir mais competências em Marketing, queria conhecer pessoas novas e sair da minha zona de conforto. Acabei por ganhar muito mais do que isso. Vou contar-te porquê.

Três dias de imersão na Figueira da Foz

Depois de ter estado num evento presencial do PAD em fevereiro de 2022, participei na imersão digital de 10 a 12 junho. O primeiro evento já tinha sido bom e superado as expectativas, especialmente por falar com pessoas que não conhecia e sair da bolha da “vergonha”. Mas este último fim de semana foi uma aventura que nunca vou esquecer.

Foi uma experiência em que a palavra “comunidade” ganhou um novo significado. Uma nova profundidade. Algo que quem lá esteve consegue entender e sentir.

Quando te rodeias de pessoas que te inspiram, ganhas a motivação que se calhar tinhas perdido. Tiras a ideia da gaveta que já estava cheia de pó. Defines um prazo para o que queres atingir. E ganhas maior clareza de quem és, do que queres conquistar, e de que, acima de tudo, na maioria das coisas que deixaste por fazer, foste o teu maior obstáculo.

Uma comunidade é construída por cada uma das pessoas que faz parte dela

E sabes porquê?

  1. Os sucessos são celebrados em equipa.
  2. Tens uma rede de apoio sempre disponível.
  3. Alguém já passou por aquilo que passaste. E não te vais sentir sozinho/a.
  4. Ninguém é melhor do que ninguém. Temos todos a aprender com quem está ao nosso lado.
  5. As pessoas estão genuinamente interessadas em ouvir-te, apoiar-te e dar-te ferramentas para cresceres.
  6. Não há julgamentos. Qualquer dúvida é válida. E pode ajudar outras pessoas que estejam na mesma situação.
  7. Tens pessoas dispostas a arriscar em ti. E a conduzir-te a encontrar respostas que podem estar à tua frente, mesmo que ainda não as tenhas visto.

É por estas e muitas outras razões que afirmo que o PAD é uma comunidade especial. Única. Um lugar onde me sinto segura, e rodeada de pessoas de várias áreas profissionais que me ajudam. Sem qualquer expectativa de receber algo em troca.

As mensagens que ainda não me saíram da cabeça

Neste fim de semana, houve uma intervenção que me marcou. A do João Cortinhas, fundador da Swonkie, que tive o prazer de conhecer pessoalmente em 2018. E sabes porquê?

O João não falou só das coisas boas. Falou também dos desafios que passou na construção do próprio negócio. E salientou o quão importante é teres a mentalidade certa para atingires as tuas metas.

A energia foi contagiante. Daquelas que te mexe com o teu interior. Que te deixa a pensar… E estas foram algumas das palavras que escrevi enquanto ouvi o João:

  • Sucesso não passa por chegares à meta sozinho.
  • Temos de ser esponjas. Absorver e beber o que está à nossa volta para crescer.
  • Temos de perguntar — o que é que consigo acrescentar ao grupo de pessoas a que pertenço?
  • A sensação de comunidade transcende qualquer serviço.

E… Mais importante do que tudo, perguntarmo-nos a nós próprios — por que não eu? Porque é que não sou eu a criar a minha marca? A arriscar e mudar de área profissional? A escrever um livro? A fazer o que quero?

Histórias há muitas… Mas não há nenhuma como a tua

E se há outra aprendizagem que o PAD me tem trazido é esta. Cada um tem a sua história. E não vão ser os outros que a vão viver, nem criar. E estar no PAD permite-te viver a tua história de mil e uma melhor maneiras. A diferença está na forma como aproveitas tudo o que esta comunidade traz.

Obrigada, Roberto! Quem diria que um convite para escreveres no meu blog me traria aqui. E que eu ia fazer diretos e lançar o meu podcast. E que ia pertencer a um grupo de pessoas que me continua a deixar sem palavras. Obrigada por teres aparecido e mudado a minha história!

Foi um fim de semana do caraças… O resto fica com todos os que lá estiveram. Obrigada a cada um de vocês, PADeir@s! 🥰

By Daniela Grácio Santos

Especialista em Marketing Digital. Eterna amante de histórias. Fã de conversas intermináveis.

1 comment

  1. Já conhecia a Daniela de vista porque somos da mesma cidade e temos amigos em comum.
    Partilhámos boleia para a Figueira e por coincidência tínhamos reserva para o mesmo hotel. Começamos desde logo a criar alguma ligação e percebemos que tínhamos alguns interesses e objetivos em comum. Rapidamente comecei a perceber o verdadeiro significado da palavra “comunidade”.
    Sempre me senti muito sozinha no meu percurso profissional e neste evento, tal como a Daniela disse, e muito bem, estamos rodeados de pessoas que estão dispostas a ouvir-nos e a partilhar as suas experiências. Pessoas que estão dispostas a ajudar-nos em troca do nosso sucesso!
    Levo a Daniela para a vida e todas as pessoas que conheci.
    Venho o próximo evento que já estamos com saudades! :)❤️

Responder a Joana Araújo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *